Taylor Swift diz que conversa com Kesha a ajudou a lidar com processo judicial contra seu agressor sexual
Taylor Swift diz que conversa com Kesha a ajudou a lidar com processo judicial contra seu agressor sexual

Na capa da revista TIME como uma das pessoas do ano, Taylor Swift concedeu a primeira entrevista da era “Reputation” e falou sobre como lidou com o abuso que sofreu por parte de um DJ – que acusava a cantora de difamação e demissão da rádio onde ele trabalhava, pedindo uma quantia milionária em dinheiro.

“Em 2013, conheci um DJ de uma estação de rádio em um dos meus pré-shows. Quando estávamos posando para a foto, ele enfiou a mão no meu vestido e agarrou minha bunda. Eu me retorci e balancei para me afastar dele, mas ele não soltou. Na época, eu estava em uma grande turnê de arena e havia várias pessoas na sala que viram isso e também uma foto do que aconteceu. Achei que, se ele era descarado o suficiente para me assediar sob essas circunstâncias arriscadas, imagine o que ele não poderia fazer para uma artista vulnerável e jovem, se tivesse a chance. Era importante denunciar o incidente a estação de rádio que ele trabalhava porque achava que eles precisavam saber. A estação de rádio fez sua própria investigação e ele foi demitido. Dois anos depois, ele me processou.”

Swift também falou sobre como as pessoas responderam ao que aconteceu, citando uma conversa com Kesha como algo que a ajudou enquanto enfrentava o abusador na justiça.



“As pessoas tem sido em grande parte muito favoráveis à minha história desde que o julgamento começou em agosto, mas antes disso, passei dois anos lendo manchetes maldosas e trolls da internet fazendo piada sobre o que aconteceu. Os detalhes foram todos distorcidos, como costumam ser. A maioria das pessoas achava que eu estava processando ele. Houve um suspiro audível na sala do tribunal quando fui nomeada como réu. Quando a notícia de que eu estava em Denver lidando com isso saiu, houve muito apoio nas mídias sociais e eu não poderia apreciar isso mais. Falei com Kesha no telefone e realmente me ajudou conversar com alguém que passou pelo mesmo processo judicial desmoralizante.”

Taylor Swift venceu o seu agressor na justiça e ele foi condenado a lhe pagar 1 dólar de forma simbólica. Segundo a cantora, até hoje ela não recebeu o dinheiro.

ce434a48ly1fm7c3poptbj20qo0zk0wl

Proprietário, administrador e redator-chefe. Ama séries, música, internet e conteúdos visuais em geral. Mineiro, leonino, 20 anos.
« Post anterior Próximo post »
Notícias Relacionadas