“Kesha não precisa de Dr. Luke”, afirma Billboard sobre o desempenho e aclamação do “Rainbow”
“Kesha não precisa de Dr. Luke”, afirma Billboard sobre o desempenho e aclamação do “Rainbow”

Na última sexta-feira (11), Kesha lançou o seu primeiro álbum de inéditas após 5 anos, “Rainbow”, que está previsto para estrear em primeiro lugar na Billboard na atualização que será liberada domingo (20).

Sabendo disso, a revista publicou nesta quinta-feira (17) um artigo afirmando que as previsões de vendas do disco para a primeira semana provam que ela não precisa de Dr. Luke, produtor que a lançou no mundo da música e a quem ela acusa de abuso sexual e psicológico na justiça.

A Billboard afirmou que, quando os dois trabalhavam juntos, Dr. Luke era a única coisa convencional sobre Kesha, usando nas músicas da cantora os mesmos sintetizadores básicos usados com Katy Perry e não dando oportunidade para faixas mais cruas e originais.

“Agora, o homem que a impediu de lançar o álbum Lipsha, da cantora com os Flaming Lips, tem que permitir que ‘Let ‘Em Talk’ e ‘Boogie Feet’, duas colaborações furiosas com o Eagles Of Death Metal, duas músicas country, várias baladas e um single promocional feminista sejam lançadas em um álbum que deve se tornar o seu segundo #1. Quase não há sintetizantes EDM ou Auto-Tune no ‘Rainbow'”, afirmou.

keshass




A revista finalizou o artigo falando sobre a mensagem de “Praying”, música na qual Kesha fala sobre uma verdade que ela ainda não pode detalhar mais publicamente. Para o editor, mesmo que de forma subliminar, o recado foi entregue.

“Se Luke gosta disso ou não, a mensagem foi entregue de qualquer forma. Ele pode possuir os direitos de publicação dessas músicas legalmente, mas o mundo sabe que seu tempo controlando Kesha é limitado a extratos bancários e ações judiciais. Kesha possui o ‘Rainbow’, todo o sucesso que vem com ele – incluindo artisticamente, pois é muito provável que seja seu melhor álbum (e certamente o mais aclamado) até o momento – e todos os relatórios indicam que ela mesma é a responsável por isso. Claro, Dr. Luke provavelmente recebe dinheiro com isso. Mas se o ex-produtor fizer uma festa na casa de um cara rico (referência a uma música da Kesha), provavelmente ela ficará mais vazia a cada ano que passar.”

O artigo original, em inglês, pode ser lido por completo aqui.

Proprietário, administrador e redator-chefe. Ama séries, música, internet e conteúdos visuais em geral. Mineiro, leonino, 20 anos.
« Post anterior Próximo post »
Notícias Relacionadas