Hello POP: Apresentando Asbjørn
Hello POP: Apresentando Asbjørn

Afaste os móveis para os lados e prepare-se para dançar! O cantor de hoje na coluna Hello Pop não vai deixar você ficar parado, então, vamos lá!

Hello POP – Edição 13: Asbjørn

Asbjørn Toftdahl, mais conhecido como Asbjørn (pronuncia-se “Ésbiorn“), nasceu em uma pequena vila próxima de Aarhus, na Dinamarca, em 2 de julho de 1992. Não se identificando com o ideal masculino dos anos 90, o cantor olhou para mulheres fortes como Madonna, Beyoncé e Britney Spears buscando inspiração. “Esse arquétipo agressivo de homens com mulheres nuas dançando ao redor deles nunca combinou comigo”, Asbjørn explica.
Desde pequeno envolvido no meio musical, a primeira composição que Asbjørn se recorda foi para seu melhor amigo, que havia quebrado o relacionamento entre eles. Aos 16 anos, por não conseguir se concentrar em suas aulas, o cantor decidiu por deixar os estudos. Mais tarde, aos 17 anos, entrou para a Royal Academy of Music, em Aarhus.

Antes de lançar seu primeiro álbum, “Sunken Ships” (2012), Asbjørn apresentava-se em pequenos festivais por Berlim. Porém, apenas com o lançamento de seu primeiro trabalho, Asbjørn começou a ganhar destaque em festivais alemães. Ainda com 19 anos, o cantor lançou o primeiro single do álbum, “The Criminal“, tratando de assuntos como diversão, amor e bebida.

MYP-Magazine-20-Interview-Asbjorn-Leading-the-Dance-13

Em 2015, Asbjørn escreveu e gravou o álbum visual “Pseudo Visions” em três capítulos, cada um com 4 canções, contando uma história de infância, amor jovem e entrega corporal. O disco, mais experimental que o primeiro, conseguiu melhor desempenho comercial. O primeiro single, “The Love You Have In You“, já conta com mais de 5 milhões de visualizações no YouTube.

Como uma criança dos anos 90, Asbjørn é apaixonado por dança e criava coreografias para as Spice Girls e Destiny’s Child em seu quarto. Tentando redefinir os padrões de masculinidade, o cantor não gosta de esteriótipos e acredita que seu propósito ao criar canções pop “auto-expositivas” é maior. “Eu quero ajudar garotos e garotas que, como eu, tem problemas em se identificar com a representação mainstream de como homens e mulheres são e como devem ser”.

A sonoridade de Asbjørn pode ser definida como “synthpop experimental”. Abusando dos sintetizadores, as canções dançantes se diferem do que atualmente é ouvido nas rádios. Ao definir sua música, o cantor explica “há momentos que são tão intensos que a fronteira entre a realidade e o surrealismo fica desfocada”. Embora mais difícil de conquistar o cenário mainstream, é assumindo o risco que Asbjørn vêm conseguindo seu espaço no Indie internacional.

Em 2017, Asbjørn lançou “Boy PWR“, primeiro single de seu próximo álbum de mesmo nome. “Eu sempre fui um nerd da música pop e meu novo álbum é um tributo para a música que eu cresci ouvindo nos anos 90 misturado com a minha visão para a música pop atual”, o cantor declara.

Mal podemos esperar para ouvir mais de Asbjørn! Será que podemos sonhar com um show no Brasil para dançarmos com ele?

SPOTIFY:

Ouça no Spotify:

REDES SOCIAIS:

Asbjørn está nas redes, mande um Hello para ele: Twitter, Facebook, Instagram e SoundCloud.

SUGESTÕES:

Sugira artistas: sua participação é muito bem-vinda. Escolhemos os artistas para serem apresentados, através das suas sugestões. Alguns já estão predefinidos, vocês irão conhecê-los ao longo das próximas semanas e outros partirão de vocês. Até o próximo HELLO POP aqui no RDT POP.

« Post anterior Próximo post »
Notícias Relacionadas